Bradbury e seu Playground

O escritor Ray Bradbury, falecido no início de junho. Foto de Steve Castillo, AP Photo, publicada no site do jornal O Globo

Por onde começar? Ontem estava doente e li um Kindle Single: The Playground, do escritor Ray Bradbury. Recomendo a todos, mesmo àqueles que não têm Kindle. Trata-se de um conto curto e fascinante, que pode ser lido na tela do computador mesmo, e e o preço é baixinho, 0,99 USD — clique aqui para comprar. Foi meu primeiro livro de Bradbury lido do início ao fim — estava procurando o conto The Fire Balloons, mas não há versão ebook disponível no momento, infelizmente.

O conto, de terror, é delicioso e uma leitura perfeita para quem está de cama: nada melhor para escapar da realidade do que um bom texto fantasioso. Também terminei de ler a edição especial de ficção científica da New Yorker. Adoro o texto de Margaret Atwood: aqui, mas é necessário comprar a edição ou já ter a assinatura.

Hoje vamos ao Astor, comemorar quase um ano de namoro — sempre gostei das comemorações de véspera — e tomar o mesmo Dry Martini que tomamos no dia 28 de julho do ano passado. Talvez sirva de inspiração para um novo texto.

Uma ideia sobre “Bradbury e seu Playground

  1. Pingback: Caos e ficção « Literatura Estrangeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s