Vestido de Noiva; Nutricosméticos; Dita Von Teese

Vitrine da loja Cecilia Echenique, aonde fui no sábado.

Minha vó me perguntou outro dia se havia desistido do vestido de noiva, só porque não falo (muito) no assunto ultimamente. Não desisti, aliás, o casamento ocupa boa parte dos meus pensamentos livres. Ainda falta um ano e um mês, é tempo pra caramba, ou talvez não. Lembro quando voltamos de viagem, recém-noivos, no início de setembro. Com toda a empolgação, fui à Pronovias logo no primeiro fim de semana, e achei que havia encontrado meu vestido. Era lindo, mas não serviria para a cerimônia que vamos fazer, então tive de voltar a procurar. Aí relaxei, achei que tivesse tempo, pensei até em comprar pela Internet, no site da Nicole Miller. Agendei visitas na Cecilia Echenique e na Cymbeline, desmarquei, remarquei, e finalmente no último sábado fui até lá. Meu guarda-chuva imitação de Burberry acabou ficando na loja, e eu andei um bom pedaço dos Jardins debaixo d’água. Gostei de dois, bem diferentes um do outro, e até agora não consegui decidir de qual gostei mais. E a opinião das amigas não ajudou nesse ponto. Minha vó disse que o mais simples era a minha cara, as amigas acharam simples demais. Adoraria publicar as fotos, uma pequena galeria de pré-noiva, mas Tomás não iria gostar nada, então deixa para lá. Como os dois vestidos são da Coleção 2012, sempre fica a dúvida. E se eu não encontrar nada parecido no ano que vem? Estou falando com uma vendedora muito simpática da loja de Nova Iorque, e sem nunca ter me visto, ela já escolheu o meu vestido para mim. Não sei o que fazer.

Os preparativos vão além do vestido. Comecei a tomar algumas pílulas, dos chamados nutricosméticos. Não poderia imaginar que tanta gente usasse. A percepção dos resultados acontece de outra forma, também, pela própria imaterialidade do tratamento. Estou tomando o Innéov Nutri-Care para Queda Capilar e Cabelos Danificados, porque quero chegar de cabelão no casamento, e Oenobiol Solar, para manter o bronzeado e me proteger dos abusos ultravioleta. Aí aproveitei e comprei um tubinho de colágeno também. Ainda não me acostumei à quantidade de comprimidos que tomo de manhã, ao acordar. Mas acho que o mais importante é a empolgação que cerca cada um desses cuidados. É mais gostoso pensar (e saber) que existe um objetivo maior num futuro não muito distante e que tudo o que eu fizer por mim e para mim, como mulher, nesses próximos 13 meses, refletirá em um dos dias mais importantes das nossas vidas, para sempre. Mesmo com todo o entusiasmo, esse noivado longo é um tempo de preparação. Depois da paixão avassaladora, do amor precoce, vem a construção do lar, e como quase tudo que importa, acontece de dentro para fora.

***

Hoje comprei Burlesque and the Art of the Teese, de Dita Von Teese. Simpáticas, as vendedoras me perguntaram se eu já tinha lido Cinquenta Tons de Cinza. Disse que estava terminando, e que não era ruim, mas que recomendaria dois ou três livros antes desse. Dita também: em sua lista Top 10, ela indica Anais Nin e Sacher-Masoch (leia este post sobre o assunto), além de Histoire d’O e a trilogia da Bela Adormecida de Anne Rice (dois que nunca li mas já ouvi falar), e Henry Miller, de que nunca gostei. Lembrei imediatamente do conto de Bluebeard (adoro a versão de Angela Carter) e, pesquisando, encontrei um livro do escritor francês — um de meus preferidos — Anatole France: The Seven Wives of Bluebeard, com versão Kindle gratuita (baixe aqui). O próximo post vai ser todinho sobre isso.

 

Uma ideia sobre “Vestido de Noiva; Nutricosméticos; Dita Von Teese

  1. Pingback: Leituras vintage no Dia Nacional do Livro; Livros perdidos; Desejo e curiosidade em Bluebeard « Literatura Estrangeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s